Acolhida na Colônia

Atalanta

Atalanta está localizada no Alto Vale do Itajaí e integra a AMAVI – Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí. Atalanta foi colonizada por descendentes de imigrantes alemães, italianos e poloneses. As marcas dessa colonização estão presentes no município até os dias atuais e se manifestam através das edificações históricas, grupos de dança, comidas típicas, festas populares e do artesanato.

Colonizada a partir de 1930 através do loteamento e venda de terras pela Sociedade Colonizadora Catarinense S.A., empresa de venda de lotes coloniais com sede social em Porto Alegre (RS). No início de sua colonização era denominada de Sede Dona Luiza, e mais tarde ficou conhecida como Serra do Pitoco. O território de Serra Pitoco pertencia administrativamente ao município de Ituporanga, e no ano de 1957 passou categoria de Distrito, recebendo o nome de Atalanta.

O Distrito de Atalanta foi se desenvolvendo política e administrativamente, ao ponto de um de seus moradores, o senhor Virgilio Scheller, eleger-se prefeito do município de Ituporanga. Em razão deste desenvolvimento, em 18 de agosto de 1964 foi emancipada à município. Hoje com 3.429 habitantes, Atalanta tem sua economia predominantemente agrícola. São cerca de 500 propriedades rurais, com 2.700 h de área cultivada.

Os principais produtos são a cebola, milho, feijão e fumo. As hortaliças e verduras estão começando a se impor como alternativa comercial, através da Associação dos Agricultores da Comunidade de Alto Dona Luiza, com destaque para os produtos cultivados sem agrotóxicos. Na pecuária destaca-se a produção leiteira, já com um promissor mercado de comercialização.

Clique e conheça os Destinos da Acolhida em Atalanta


Conheça os Destinos & Experiências da Acolhida:

Siga a Acolhida nas Redes Sociais