Receita e história de Emilia Back Andrade
Propriedade: Tante Mila
História: Estes biscoitos da cultura alemã eram produzidos por minha vó, desde o início da década de 60. Quando minha avó produzia os biscoitos, escondia no porão da casa, mas eu e meus primos entrávamos escondidos e saboreávamos os biscoitos. Se escutássemos algum barulho, fugíamos pelas pequenas janelas existentes. Meus avós nunca descobriram quem furtava os biscoitos. Na Doce Festa, evento tradicional do município de Vidal Ramos, os biscoitos fazem muito sucesso. Principlamente em datas festivas, eu não consigo produzir o suficiente pela demanda existente. Hoje, em pleno século XXI, apresento este histórico doce, neste livro gastronômico da culinária típica da região do Alto Vale do Itajaí.

Ingredientes

500 gr de manteiga
500 gr de açúcar
150 gr de coco ralado
1 ovo
1 colher (sopa) de fermento químico de bolo
1 kg de araruta
Sal a gosto

Preparo

Coloque numa bacia a manteiga, o açúcar e o ovo, misture bem. Acrescente o coco ralado, o sal, o fermento e a araruta até dar o ponto e ficar bem consistente. Faça as bolinhas (no tamanho de uma bolinha de gude) enrolando na palma da mão, leve em seguida para a forma enfarinhada com trigo. Deixe no forno com temperatura de 250ºC por volta de 20 minutos até começar a amarelar. Para retirar da forma, é necessário que deixe esfriar.