Urubici está localizado na região serrana do Estado de Santa Catarina, a 174 km de Florianópolis, a 60 km de São Joaquim e a 157 km de Criciúma. É um dos municípios mais frios do Brasil, por isso no inverno atrai muitos turistas com a possibilidade de neve e com os belos campos tomados pelo branco do gelo.

Urubici é a capital catarinense das hortaliças, mas é também a terra do turismo, da natureza exuberante, do meio ambiente preservado, das matas de araucárias, cachoeiras e cascatas, dos esportes de aventura, da pesca de trutas, do pinhão, do ponto mais alto do sul do Brasil (o Morro da Igreja), e outros mais. Aliado a tudo isto, tem um povo hospitaleiro, cordial e orgulhoso de sua cidade e suas tradições.

História

No início deste século inúmeras expedições penetraram nos campos do planalto serrano formando em seus caminhos novos núcleos de povoamento. Urubici é fruto destas expedições.

Os pioneiros desta povoação foram sem dúvida, os homens que iniciaram o desbravamento da região e deram assim início ao cultivo das férteis terras do vale do rio Canoas e de seu maior afluente, o rio Urubici. Conta-se que antes destes desbravadores os jesuítas aqui estiveram procurando minas e catequizando índios. Conta-se ainda que grande porção de ouro foi enterrada nas rochas pelos jesuítas. Os índios eram na sua maioria tupis guaranis.

A origem do nome do município, segundo descrição de exploradores, é de um silvícola que acompanhava uma das expedições e encontrou um pássaro morto as margens de um rio, então exclamou “Urubici”, querendo dizer “Olhe ali um uru, Bici” — URU (ave galinácea do Brasil, típica dessas paragens) — BICI (nome de seu colega indígena).

Urubici com sua população de pouco mais de 10.200 habitantes constituído por pessoas descendentes de diferentes grupos étnicos, tais como, luso brasileiros, negros, alemães, italianos e letos, e uma área de 1.019km² é o principal produtor, a nível estadual, de hortaliças diversificadas, produzindo-as nos meses do verão.

Destinos Acolhida em Urubici